terça-feira, 14 de agosto de 2007

Qual é o Seu Pedido?

- - - de Rafael, para o na Vitrine.


No último sábado eu fui, depois de constantes indicações da Leila, assistir à peça “Qual é o Seu Pedido?”. O espetáculo, apresentado pelo grupo “Anônimos S.A.”, se trata de uma apresentação um tanto cômica e imprevisível, por ser formada basicamente por esquetes de improvisação. O nível dos atores é impressionante. Muita criatividade e promessa de risos desmesurados é o que espera quem resolver aproveitar a temporada que vai até o dia 18 de agosto.

É claro que, numa situação dessa, em que os atores tem de arriscar constantemente e pôr em funcionamento o máximo de sua criatividade, muito besteirol pode sair. Mas nada que não esteja dentro dos parâmetros que, aliás, são ditados pela platéia. A qual interage do início ao fim. O cenário é uma espécie de bar e os atores seriam os supostos “garçons” prontos para atender todo e qualquer pedido do público. Para pôr ordem à bagunça, são distribuídos alguns cardápios em que os desafios vêm no lugar dos pratos. E com nomes nada convencionais.

A apresentação é organizada na forma de uma competição. Os cinco garçons são apresentados e a platéia “tira” os times. De um lado os verdes, do outro os laranjas e no meio o ator curinga, que participa atuando em ambas as equipes.

O legal da peça é que, a cada nova apresentação, o resultado é sempre novo. As situações mais que inusitadas prometem. Para aqueles que sempre se queixam da programação morna da capital, está aí um ótimo pedido. Faça o seu.



De 10 a 18 de agosto. Sexta e sábado às 21h. Domingo às 20h. Teatro Nacional Cláudio Santoro - Sala Martins Pena. Censura Livre. Ingressos R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Antecipados: Chilli Beans e bilheteria do Teatro Nacional. Doadores de 1Kg de alimento não perecível pagam meia. Informações: 8111-7868 ou 3325-6240.

8 comentários:

Flávio A disse...

tem um programa americano em que ocorre a mesma coisa. mas a platéia não interage, claro. platéia interagindo? que medo.

Ms. Tulipa disse...

O melhor da peça é que dá pra ir várias vezes e sempre se divertir com coisas diferentes. E a espontaneidade/criatividade/rapidez dos atores é realmente impressionante! oO

Íris disse...

É impressionante o q eles conseguem fazer com apenas uma palavra! Tudo se transforma em algo estraordinário!!!!
Basta citar o amendoin ou o hitler (para quem assistiru a essa e outras temporadas). É uma brincadeira em q a criatividade não pode te deixar na mão!!!!!!

PARA FLAVIO A: tem o programa "Who line´s it anyway", se não me engano passa na sony. é de improviso e a platéia tb interage dando suas ideias de cenas.

=D

Nika disse...

q emo�o a gnt c encontrar por blogs. s�rio! fiquei m� feliz =] vou te linkar.
e ah, n liga prquele meu blog dwie lewe rece
ele eh completamente away
hauiehae

\o/

la texana disse...

aqui tá tããooo abandonado.

Rafael disse...

Muito.
É porque só tem passado porcaria no cinema, e cinema é a minha maior fonte de inspiração...
A Renata e a Priscilla também não facilitam oO

la texana disse...

eu não vou no cinema desde o sem reservas e aquele realmente não me empolgou pra escrever. o ultimo livro que eu li foi hp, então... vai ver eu escrevo alguma coisa sobe crepusculo dos deuses...

Íris disse...

è claro q tá abandonado vcs só pensam em cinema!!!!! Cadê o teatro??????? Tá tendo o CENA CONTEMPORANEA e até agora não vi nada sobre isso aqui!!!!!!!!!!!!!!
E sim to reclamando!!!
[Meu lado chato]

=D

na Vitrine.