quarta-feira, 28 de maio de 2008

Querida banda Panic! At The Disco (Com !),

- - - de Rafael, para o na Vitrine.

que tipo de idiota vocês pensam que eu sou? Qualquer pessoa que ouça esse CD, Pretty, Odd, de vocês, pode perceber que vocês andaram ouvindo mais os Beatles do que seria aconselhável. Pior que isso: vocês estão pensando mesmo em substituí-los ou algo assim? Porque seria patético. Fico imaginando meia dúzia de adolescentes, harlequin girls, testosterone boys, dançando à meia-luz num salão, parecido com os de gafieira, embalados pela voz esganiçada do Brendon. Aliás, Brendon, querido, você já foi tão sexy, metralhando frases quilométricas em tempo recorde, era lindo, cara. Que merda é essa de ficarem de baladinhas agora? Até aquela criatura estranha que é o Ryan tá cantando melhor que você. Acho que começou o processo de Beatletificação por aí. Daqui a pouco eles te colocam um par de baquetas na mão e eu quero ver você se virar com os pratos.

You are so starving sim. E essa história de you don't have to worry, we're still the same band foi a brincadeira mais sem-graça que alguém já fez. E eu espero que vocês tenham feito de propósito, pela ironia, porque, se não, amigos, desisto de vocês.

Beijo me liga.

(E se alguém comentar “eu disse”, ou “eu já sabia”, ou “essa banda sux” morre).

na Vitrine.