domingo, 15 de junho de 2008

Fim dos Tempos (para o Shyamalan)


- - - de Renata_, para o na Vitrine.


Puxa, eu estava com saudades de escrever aqui...

Então, sexta agora eu fui com mais dois amigos da minha turma de cinema assistir o novo filme de um dos meus diretores (roteirista e produtor também) favoritos, M. Night Shyamalan e me decepcionei seriamente. Pior, estou preocupada com o Shyamalan. A bilheteria já não foi justa com ele em "A Dama Na Água" e eu acreditava que esse filme seria o seu resgate, mas com certeza não foi dessa vez.
Meus amigos DETESTARAM e afirmaram com todas as letras que é OFICIALMENTE o pior filme da vida deles. Eu não me senti assim, mas fiquei sinceramente triste.

E o pior é que eu não sei exatamente o que está errado. Talvez seja tudo. Atores deslocados, roteiro fraco, sem aquela emoção bela de "A Vila" ou o medo inteligente de "Sinais", ângulos esquisitos de câmera (sim sim, estou aprendendo a analisá-los), microfones aparecendo a cada cinco segundos e etc.

A idéia inicial era até boa, tornando o vento e as árvores os vilões maquiavélicos da história, mas a medida que o filme se desenrolava você já estava olhando para os lados e pensando: "É só eu, ou o cara cheirou meia para inventar essa maluquice?", e pensar isso de Shyamalan é praticamente heresia, porque ele sempre fez tanto sentido.

Meus amigos sentiam como se estivessem tendo um sarro tirado de suas caras (palavras deles também), como uma metlinguística maluca de "haha, seus trouxas, olha a idiotice que eu inventei para vocês acharem que estão assistindo um flime de suspense! Dããã!"

A única cena realmente boa foi o Mark Wahlberg (que sabe trabalhar melhor do que daquele jeito) conversando com a planta de plástico. Ali eu vi o Shyalaman que eu conheço se manifestando.

Portanto, não foi bom. Dedão para baixo. Só espero que M. Night não faça besteira com Avatar também, porque aí eu não perdoarei jamais! I'll curse the day he was born! (O filme de Sex and The City por outro lado, foi lindo e eu até chorei...)



E o francês do final era mó gatinho também....

4 comentários:

la texana disse...

já tá passando sex and the city? suspiro, a vida na cidade grande...
então, com certeza esse é o mais fraco do shyamalan, mas eu tenho que dizer que pra mim o pior dos piores foi o mark wahlberg que é terrivel. ´sério, os roteiros do m. sempre tem uns dialogos meio pesados e melodramaticos, mas como ele sempre foi muito bom (no caso de a vila, fantastico) em escolher elenco nunca ficava tão transparente assim. tipo, sempre que o filme desviava do casal principal ele melhorava bastante. e mesmo a cena dele falando com a planta de plastico, embora engraçada em teoria ficou pessima com a forma do mark "interpretar".
os filmes do shyamalan sempre são aparentemente sobre uma coisa e na realidade sobre outra. agora, quando o aparentemente é mais interessante do que o na realidade vc pode ter certeza que ele errou feio.

Rafael disse...

ah, eu gosto tanto dele... tenho que ver esse filme mesmo assim.

Rafael disse...

Acabei de ver o filme e, bem, eu discordo ae. Acho que ele não é essa merda toda que vcs tão falando.
Essa de microfones aparecendo, eu ouço desde sexto sentido, mas eu nunca vi. acho que só aparece no cinema mesmo. mas de qualquer forma, ele sempre fez isso. começo a desconfiar que ele tenha um motivo, pq não é possível, dá pra aprender de um filme pro outro, não?
os filmes dele sempre tiveram um quê de tosco. a cena do alienígena em sinais, por exemplo, ou o monstro de a vila correndo contra a menina. sério, perfeição estética não é a praia dele. nunca foi, e acho que ele nem quer isso.
eu achei que o tema realmente não foi bem explorado. a estrutura do filme foi copiada dos outros filmes, e não tem nem de longe aquele sentimento de que, nossa, ele não tá falando disso, ele tá falando daquilo.
não, realmente, é um filme de suspense por suspense e ponto.
mas eu gosto da forma de assustar. esse filme é mais constante que os antigos, e tem um estilo muito mais particular e coeso.
realmente, o eliott e a menina são meio sem graças, mas a Alma, gente, ela é demais!!!! eu amei aquela personagem, juro! e a velha no final! o.O mto seqüela.
sério, acho que esse filme não foi feito mesmo pra ser o melhor do shyamalan, talvez ele nem estivesse mesmo mto inspirado ao escrever.
mas eu notei uma evolução grande em termos de direção de a vila e sinais para esse filme, ô, se notei.

Nana Jiló disse...

O bom Shyamalan morreu depois de A Vila. Aquele filme... pfff, tão previsível que deu dó. Enfim, ele também tem seus méritos - como vc observou, 'Sinais' sendo um deles...
E eu acho que vou favoritar esse blog aqui... oh, céus. mais um pra lista! =]

na Vitrine.